Estudo

Prefeitura de Guarujá inicia estudo para evitar lotação em praia

A prefeitura iniciará o projeto em dezembro

O levantamento foi motivado por um estudo realizado entre 2019 e 2022 - Imagem: Creative Commons
O levantamento foi motivado por um estudo realizado entre 2019 e 2022 - Imagem: Creative Commons

Karina Faleiros Publicado em 07/11/2023, às 16h48


A prefeitura de Guarujá iniciará um levantamento diário na Prainha Branca, para analisar a quantidade de visitantes e definir o volume adequado de banhistas.

Moradores escalados controlarão a entrada, saída e permanência de turistas no local. O projeto se iniciará em dezembro,  após uma adequação na antiga guarita de aceso e a instalação de um banheiro exclusivo para a equipe.

De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o levantamento foi motivado por um estudo de capacidade realizado nas praias do município entre 2019 e 2022.

O diagnóstico detectou que a Prainha Branca recebe ‘maior pressão’ na alta temporada devido à atividades de camping, prática que gera superlotação e compromete a qualidade de vida local.