Indulto

Saidinha de junho 'liberta' mais de 3 mil presos no litoral de SP

Os detentos deverão retornar às penitenciárias na próxima segunda-feira (19)

Saidinha de junho 'liberta' mais de 3 mil presos no litoral de SP - Imagem: reprodução Instagram
Saidinha de junho 'liberta' mais de 3 mil presos no litoral de SP - Imagem: reprodução Instagram

Manoela Cardozo Publicado em 16/06/2023, às 12h00 - Atualizado às 12h35


A saída temporária dos detentos referente ao mês de junho teve início na última terça-feira (13) e beneficiou 3.670 presos na Baixada Santista.

De acordo com informações do Jornal A Tribuna, os dados fornecidos pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SAP) mostram que esses detentos deverão retornar às respectivas penitenciárias na próxima segunda-feira (19), encerrando o período de 'saidinha'.

Entre os beneficiados, estão 2.213 reeducandos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Mongaguá, além de outros 1.457 distribuídos entre o CPP e as Penitenciárias 1 e 2 de São Vicente. Essa é a segunda saída temporária de 2023.

Conforme previsto na Lei de Execução Penal, as datas das saídas temporárias são reguladas no Estado de São Paulo pela portaria 02/2019, emitida pelo Departamento Estadual de Execuções Criminais (DEECRIM).

Compartilhe