Recapeamento

Prefeitura de Santos adia interdição de 9 ruas para pavimentação; saiba o motivo

O processo começaria na última terça-feira (13)

Prefeitura de Santos adia interdição de 9 ruas para pavimentação; saiba o motivo - Imagem: divulgação / Prefeitura de Santos
Prefeitura de Santos adia interdição de 9 ruas para pavimentação; saiba o motivo - Imagem: divulgação / Prefeitura de Santos

Nathalia Jesus Publicado em 15/06/2023, às 08h45


Os projetos de recapeamento e pavimentação de algumas ruas dos bairros Embaré e Gonzaga, previstos para iniciar na última terça-feira (13), foram adiados.

A primeira rua que receberia o serviço seria a Álvaro Alvim, mas a interdição do local foi adiada por conta das fortes chuvas na região. A previsão é de que os trabalhos possam ser iniciados a partir da próxima segunda-feira (19).

O investimento previsto para a etapa programa de pavimentação Respeito à Vida é de R$ 4.805.625,08 e é fruto de um convênio firmado entre o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e a Prefeitura, que tem como meta promover uma renovação em mais de 70 ruas, em 19 diferentes bairros, segundo informações do g1.

Foi determinado que os serviços ficaram por conta da empresa Consórcio Deta Sistemas Viários, que foi contratada pelo Detran. A supervisão das obras ficará sob responsabilidade de funcionários da Secretaria de Serviços Públicos (Seserp).

Já na próxima segunda-feira (19), a rua Álvaro Alvim será interditada no trecho entre as avenidas Epitácio Pessoa e Pedro Lessa. Os motoristas terão como rota alternativa a Rua Afonso Veridiano. O serviço será realizado das 8h às 18h todos os dias até a conclusão, quando a via será liberada.

As outras oito ruas que serão pavimentadas são: Osvaldo Cochrane, com 1.330 metros de extensão; Ministro João Mendes (905m); Epitácio Pessoa (705m); Sampaio Moreira (225m); Aureliano Coutinho (962m); São José (760 m) Azevedo Sodré, entre o canal 3 e a Avenida Ana Costa (370m) e Oscar Sampaio (146m).

Compartilhe