SAMU

Trotes para o SAMU crescem quase 30% em Guarujá

Em 2022 foram registrados 2.200 trotes

Trotes para o SAMU crescem quase 30% em Guarujá - Imagem: reprodução Prefeitura de Guarujá
Trotes para o SAMU crescem quase 30% em Guarujá - Imagem: reprodução Prefeitura de Guarujá

Manoela Cardozo Publicado em 08/02/2024, às 09h27


A prática de trotes para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) em Guarujá tem aumentado significativamente, registrando um crescimento de 28% entre 2022 e 2023.

Conforme informações da Prefeitura, o que para alguns pode parecer uma simples brincadeira, representa um sério problema, prejudicando o serviço e podendo desviar uma ambulância do SAMU para ocorrências desnecessárias, comprometendo a capacidade de resposta em situações reais de emergência.

De acordo com levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), em 2022 foram registrados 2.200 trotes, número que aumentou para 2.819 no ano seguinte.

É importante ressaltar que o trote aos serviços de emergência é considerado crime pelo Código Penal Brasileiro (Artigo 266), sujeitando o infrator a uma pena de um a seis meses de detenção.

Apesar de um leve declínio no total de chamadas recebidas em 2023 (18.790 contra 20.000 em 2022), a proporção de trotes aumentou significativamente, representando 15% do total de chamadas, em comparação com 11% no ano anterior.

No último quadrimestre de 2023, dos 6.449 chamados para o SAMU em Guarujá, 691 foram identificados como trotes. Novembro foi o mês com maior incidência, registrando 247 trotes em 1.620 chamadas gerais.

Veja o número de trotes recebidos no último quadrimestre:

Setembro

Atendimentos: 1.599

Trotes: 9% = 140

Outubro

Atendimentos: 1.539

Trotes: 9% = 144

Novembro

Atendimentos: 1.620

Trotes: 15% = 247

Dezembro

Atendimentos: 1.691

Trotes 9% = 160

Compartilhe