Moradias

Governo de SP entrega 640 moradias para famílias do litoral; saiba mais

As famílias contempladas residiam nos núcleos Dique da Vila Gilda e São Manoel, áreas de risco em Santos

Governo de SP entrega 640 moradias para famílias do litoral; saiba mais - Imagem: divulgação Governo do Estado de SP
Governo de SP entrega 640 moradias para famílias do litoral; saiba mais - Imagem: divulgação Governo do Estado de SP

Vitória Tedeschi Publicado em 03/07/2023, às 16h14


Nesta terça-feira (03), o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) entregou 640 apartamentos do programa Casa Paulista para famílias de baixa renda que viviam em áreas de risco em São Vicente, na Baixada Santista.

As habitações em questão fazem parte do projeto de cerca de 2.240 moradias em uma ação conjunta do Governo do Estado, Prefeitura de Santos e União para beneficiar 8,5 mil pessoas.

As famílias contempladas residiam nos núcleos Dique da Vila Gilda e São Manoel, ambos em áreas de risco em Santos, e receberam as novas moradias isentas de financiamento.

Foram R$ 63,4 milhões recebidos em aportes estaduais e outros R$ 163 milhões em recursos da União para o empreendimento. No total, o investimento somou R$ 226,4 milhões por meio de um acordo de cooperação previsto no programa Casa Paulista.

Não tem coisa que me agrada mais do que entregar habitação, porque a gente sabe o quanto faz diferença, quantos sonhos estão sendo realizados. A gente fica super feliz porque isso muda vidas", disse Tarcísio em evento de inauguração do projeto.

"Está na hora de tirar as pessoas das várzeas de rios, das encostas, dos morros e das palafitas. Este tem que ser o foco da política habitacional e é isto o que nós vamos fazer no estado de São Paulo", acrescentou o governador.

Os apartamentos fazem parte do Conjunto Habitacional de Interesse Social Tancredo Neves, em São Vicente. Outras 1.120 moradias do mesmo programa já haviam sido entregues entre 2017 e 2018.

Além do gorvernador a entrega das moradias contou também com a presença do secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Lima, e do secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Branco, do vice-presidente Geraldo Alckmin, do ministro das Cidades, Jader Filho, e de deputados federais e estaduais, prefeitos, vereadores e gestores públicos.

As novas moradias têm dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, lavanderia e área útil de 45 m². Os apartamento já contam com piso cerâmico e azulejo nas paredes de banheiros e cozinhas, as moradias têm também medição individualizada de água e acessibilidade para pessoas com deficiência.

Compartilhe