Moradia

Guarujá receberá novas moradias através do programa Minha Casa, Minha Vida

As residências se dividirão entre os bairros Morrinhos e Cantagalo

Guarujá receberá novas moradias através do programa Minha Casa, Minha Vida - Imagem: reprodução Governo Federal
Guarujá receberá novas moradias através do programa Minha Casa, Minha Vida - Imagem: reprodução Governo Federal

Manoela Cardozo Publicado em 08/12/2023, às 10h12 - Atualizado às 10h53


Um novo empreendimento habitacional do programa governamental 'Minha Casa, Minha Vida' será implementado na cidade de Guarujá, no litoral de São Paulo.

Conforme informações do G1, a iniciativa prevê a construção de 394 residências, distribuídas entre dois pontos estratégicos: 250 unidades serão erguidas no antigo complexo habitacional Portobello, situado no bairro Morrinhos, enquanto as restantes 144 serão edificadas na região do Cantagalo.

A Prefeitura de Guarujá destacou que as famílias beneficiadas já estão cadastradas na administração municipal por meio da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) e recebem acompanhamento social.

As casas no bairro Morrinhos têm como foco os antigos residentes da área conhecida como 'Ponte do Munhoz', um local onde, em 2006, diversas famílias viviam sob a ponte sobre o Rio Santo Amaro, e nas proximidades.

Isso inclui aqueles deslocados devido a modificações na infraestrutura do bairro Santo Antônio, bem como os participantes do programa de Locação Social e indivíduos provenientes de zonas de risco.

No que diz respeito às moradias no Cantagalo, estas serão direcionadas às famílias que ocupam as áreas destinadas à produção habitacional no próprio bairro e no sistema viário.

Essa iniciativa abrangerá beneficiários do programa de Locação Social, residentes locais do Cantagalo e pessoas provenientes de áreas consideradas de risco. A execução desse projeto habitacional foi possibilitada pela regulamentação da Portaria 1.482/23, divulgada em 21 de novembro pelo Ministério das Cidades.

Compartilhe