Testagens de hepatites virais

Julho amarelo: Com casos de hepatites virais, Santos realizará testes para identificar a doença

“Julho Amarelo”, como nacionalmente é conhecida a época, é a campanha para conscientizar sobre a necessidade de cuidados da população em relação às hepatites virais

O teste rápido é um grande aliado para o diagnóstico, em apenas 15 minutos e com uma gotinha de sangue do dedo, é possível identificar a presença da doença - Imagem: divulgação prefeitura de santos
O teste rápido é um grande aliado para o diagnóstico, em apenas 15 minutos e com uma gotinha de sangue do dedo, é possível identificar a presença da doença - Imagem: divulgação prefeitura de santos

Karina Faleiros Publicado em 03/07/2023, às 12h29


Neste mês de julho, a equipe da Secretaria de Saúde de Santos (CCDI), realizará três grandes testagens de hepatite. Confira as datas:

  • Sábado (8/7), das 9h às 13h, ocorrerá no Ambulatório de Especialidades Nelson Teixeira, local por onde cerca de mil pessoas circulam diariamente.
  • Sábado (15/7), das 11h às 15h, no Jardim Botânico Chico Mendes
  • Sábado (22/7), das 13h às 17h, no Quebra-Mar.

A hepatite não apresenta sintomas em sua fase inicial, trata-se de uma doença silenciosa. Quanto mais cedo ela for descoberta, melhor a perspectiva de cura sem sequelas.

De acordo com a Prefeitura de Santos, a Campanha Julho Amarelo faz o alerta para as hepatites dos tipos A, B e C, que são transmitidas pelo vírus. Hoje, certa de 400 pacientes encontram-se em tratamento para hepatite B e cerca de 1 mil tratam a hepatite C no Centro de Controle de Doenças Infectocontagiosas de Santos (CCDI).

O teste rápido é um grande aliado para o diagnóstico das hepatites B e C: em apenas 15 minutos e com uma gotinha de sangue do dedo, é possível identificar a presença da doença e dar início ao tratamento o mais rápido possível.

Por mais que o município de Santos tenha uma ampla rede para realização do teste rápido, a Campanha Julho Amarelo dispõem mais acesso ao diagnóstico da hepatite C, que é a de maior incidência por realizar a testagem fora das unidades de saúde, onde são realizados para testar o maior número de pessoas possível, dando mais qualidade de vida àqueles que podem necessitar de tratamento.

“A Campanha Julho Amarelo já é tradicional em nossa cidade e bastante eficaz em seu propósito: tornar as hepatites virais mais conhecidas, promover prevenção e, no caso das hepatites B e C, o diagnóstico pecoce por meio do teste rápido. Ao longo do ano também realizamos outras ações, em especial junto à população em maior vulnerabilidade econômica e social”, afirma Michelle Cunha, coordenadora do CCDI.

Hepatites Virais

São doenças que causam transtornos leves, moderados ou graves ao fígado. A hepatite A é transmitida por via fecal-oral, através da água e alimentos contaminados. Já os tipos B e C, por relações sexuais desprotegidas e pelo sangue, por meio de compartilhamento de seringas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos perfurocortantes, podendo ser transmitidas também da mãe para o bebê.

Testagem e tratamento

Em Santos, os testes rápidos para as hepatites B e C estão disponíveis a qualquer interessado, sem necessidade de agendamento prévio, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, no CCDI (Rua da Constituição, 556, Vila Mathias) e nas policlínicas (neste caso, é necessário procurar a unidade que atende o local de residência).

Se o teste der positivo, o tratamento será realizado na CCDI, que conta com equipe específica para assistência dos pacientes com hepatite, além dos medicamentos necessários.

Quando há necessidade de confirmar ou descartar uma suspeita diagnóstica, os hospitais e as unidades de pronto atendimento também realizam a testagem rápida. Em especial, antes da realização de partos, acidentes de trabalho ou após exposição sexual.

Compartilhe