Guerra

Acordo entre Israel e Hamas liberta 175 reféns

O acordo estabeleceu que centenas de caminhões pudessem atravessar a passagem de Rafah

Segundo o Catar, uma sala de operações em Doha monitora a trégua e libertação dos reféns - Imagem: Redes Sociais
Segundo o Catar, uma sala de operações em Doha monitora a trégua e libertação dos reféns - Imagem: Redes Sociais

Karina Faleiros Publicado em 27/11/2023, às 11h14


Nesta segunda-feira (27), termina o prazo de pausa nos bombardeios entre Israel e Hamas. O acordo iniciou às 2h (horário de Brasília) na sexta-feira (24), às 7h do horário local.

Três listas foram divulgadas com nomes de reféns na Faixa de Gaza e de prisioneiros palestinos que estão em Israel, para serem libertados, como parte do acordo.

Segundo a CNN, no total, 175 pessoas já foram soltas.

Libertados por Israel:

1º grupo (sexta-feira): 39 prisioneiros palestinos

2º grupo (sábado): 39 prisioneiros palestinos

3º grupo (domingo): 39 prisioneiros palestinos

Libertados pelo Hamas:

1º grupo: (sexta-feira): 13 israelenses, 10 tailandeses e 1 filipino (24 pessoas)

2° grupo: (sábado): 13 israelenses e 4 tailandeses (17 pessoas)

3º grupo: (domingo): 14 israelenses e 3 tailandeses (17 pessoas)

Compartilhe