Racismo

Torcedor que chamou o atacante Bruno Mezenga, do Santos, de 'macaco' é identificado pela polícia

A ofensa foi registrada em um grupo de Whatsapp de torcedores

Torcedor que chamou Bruno Mezenga, do Santos FC, de 'macaco' é identificado pela polícia - Imagem: reprodução / Instagram @brunomezzengaofficial
Torcedor que chamou Bruno Mezenga, do Santos FC, de 'macaco' é identificado pela polícia - Imagem: reprodução / Instagram @brunomezzengaofficial

Nathalia Jesus Publicado em 15/06/2023, às 10h03


Um torcedor de 19 anos foi identificado como autor de ofensas racistas contra o atacante Bruno Mezenga, do Santos FC. O jogador foi chamado de "macaco" em um grupo de Whatsapp para torcedores após perder um pênalti que causou a eliminação do Peixe na Copa do Brasil para o Bahia.

De acordo com a Polícia Civil, todos os procedimentos de Polícia Judiciária serão enviados à 6ª Delegacia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva (Drade) que ficará responsável pela continuidade das investigações.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a mensagem do torcedor de 19 anos foi encaminhada no grupo "Santos Depressivo", às 21h25 da última quinta-feira (1), um dia após a eliminação do Santos FC nas oitavas de final.

"Eu saí da faculdade, vim escutar o jogo na rádio (sic) 'pq' vi que ia pros pênaltis. Vi que o JP [João Paulo, goleiro do Santos] precisava pegar pro Santos não ser eliminado. Já sabia que ia perder ai. Na hora que ele pegou, nem acreditei. E o desgraça macaco do Mezenga erra", escreveu o suspeito.

Segundo apuração do g1, Bruno Mezenga denunciou o crime no dia 1° de junho, um dia após a eliminação da equipe. O atleta esteve na delegacia acompanhado do advogado Felipe Abrantes Rossetto.

Compartilhe