Poluição

Praias de Santos estão impróprias para banho; entenda

Sete praias no litoral de São Paulo estão com bandeira vermelha

Praias de Santos estão impróprias para banho - Imagem: reprodução Twitter
Praias de Santos estão impróprias para banho - Imagem: reprodução Twitter

Manoela Cardozo Publicado em 13/06/2023, às 12h14


As sete praias de Santos, no litoral de São Paulo, não estão adequadas para o banho.

Segundo o boletim semanal da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), a análise realizada foi influenciada por diversos fatores, como condições climáticas, maré, áreas não tratadas ou fora da responsabilidade municipal, além de conexões clandestinas ou incorretas.

Durante um evento promovido em abril pelo Grupo Tribuna, André Salcedo, presidente da SABESP, destacou que a qualidade da água das praias é comprometida pelo esgoto.

“Os canais são conectados aos elevatórios [...]. Se chove demais, toda a água da cidade escorre para os canais, levando a poluição. As comportas não aguentam e há extravasamento [para o mar]”, disse ele.

Vale lembrar que, de acordo com a CETESB, uma praia é considerada imprópria quando as amostras coletadas apresentam mais de 100 unidades formadoras de colônias (UFC) de enterococos — bactérias fecais — por 100 ml, o que ocorre nas praias da Aparecida, Embaré, Ponta da Praia, Boqueirão, Gonzaga e José Menino.

Já em São Vicente, as praias de Milionários, Gonzaguinha e Prainha estão com bandeira vermelha. No Guarujá, apenas a Praia do Perequê não está adequada para o banho.

Compartilhe