Guerra

Mais de 60 jornalistas foram mortos em guerra entre Israel e Hamas

No total, a grande maioria dos jornalistas eram palestinos

O último conflito entre Israel e Hamas levou ao mês mais mortal aos jornalistas - Imagem: Twitter/ @geopolpt
O último conflito entre Israel e Hamas levou ao mês mais mortal aos jornalistas - Imagem: Twitter/ @geopolpt

Karina Faleiros Publicado em 04/12/2023, às 14h29


Desde o início da guerra entre Israel e Hamas, 61 jornalistas e funcionários da mídia foram mortos, segundo o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

No total, boa parte eram jornalistas palestinos. Segundo a CNN, o CPJ citou em comunicado que 54 jornalistas eram palestinos, quatro israelenses e três libaneses morreram.

Foi registrado nesta sexta, a morte de um jornalista freelancer, em um ataque israelense. Ele trabalhava para a agência de notícias turca Anadolu.

Segundo o grupo de defesa do jornalismo, o último conflito entre Israel e Hamas “levou ao mês mais mortal para os jornalistas desde que o CPJ começou a recolher dados em 1992”.

Compartilhe