"Saidinha Temporária"

Polícia Militar detém 51 presos durante saída temporária nas cidades da Baixada Santista

Beneficiários foram capturados por violar condutas previstas em lei ou cometer crimes durante o período de liberdade temporária

Saidinha - Imagem: Reprodução | ASCOM
Saidinha - Imagem: Reprodução | ASCOM

Marina Milani Publicado em 06/01/2024, às 13h18


Durante a saída temporária de Natal e Ano Novo, destinada a detentos em regime semiaberto como forma de ressocialização, a Polícia Militar deteve 51 presos na Baixada Santista por descumprimento de condutas e cometimento de crimes. Os infratores fazem parte dos 34.540 beneficiados com o benefício em todo o estado de São Paulo e foram imediatamente conduzidos de volta aos presídios da região.

A saída temporária ocorreu entre 22 de dezembro e 3 de janeiro, permitindo que detentos em regime semiaberto mantivessem vínculos com o mundo exterior. No entanto, os 51 detentos detidos na Baixada Santista foram flagrados violando as condições estabelecidas pela lei ou cometendo novos crimes durante o período da saída temporária.

Os presos conduzidos foram levados aos presídios mais próximos, perdendo o direito ao benefício da saída temporária. A Polícia Militar não especificou a origem dos presos, indicando que eles podem ser de outras regiões do estado.

Além dos detidos, aqueles que não retornaram ao presídio dentro do prazo estabelecido também têm o benefício suspenso e são considerados foragidos, perdendo o direito ao benefício quando capturados.

Compartilhe